Lays Dutra, de Itajá, sul de Goiás, já está quase se formando como técnica em meio ambiente, mas ainda tinha dúvidas sobre a manipulação de defensivos agrícolas. “Muitas vezes, ao usar produtos químicos para combater praga do capim, eu mesma acabava me intoxicando”. Para reforçar seus conhecimentos, Lays se inscreveu no curso Prevenção de Acidentes com Defensivos Agrícolas – NR-31, oferecido gratuitamente no portal de educação a distância do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural em Goiás (Senar Goiás). “Achei o curso muito bom, aprendi muita coisa que eu não sabia. É só assistir as aulas direitinho que a gente aprende mesmo e, quando surge alguma dúvida, os tutores esclarecem logo”. Com 20 horas-aula, o curso é livre e aberto a qualquer pessoa com idade acima de 15 anos. As próximas turmas começam em janeiro, mas as matrículas já estão sendo feitas e o interessado deve garantir logo a sua vaga. Assim como Lays, Diego Queiroz também já concluiu o curso do Senar Goiás. Agricultor em Vicentinópolis, e aluno do 9º período de Agronomia, ele valoriza os novos conhecimentos adquiridos. “O curso aprofunda bastante a questão dos defensivos, fala sobre os diversos produtos existentes no mercado , sua toxidade, risco, e ainda esclarece muito sobre a NR-31”. Medidas de segurança e princípios legais A NR-31 (Norma Regulamentadora 31), editada pelo Ministério do Trabalho e Emprego em 2005, é a principal legislação sobre a segurança do trabalho no campo e tem um capítulo inteiramente dedicado ao uso de agrotóxicos, adjuvantes e produtos afins. No curso da EaD Senar Goiás, o participante aprende os princípios legais para o uso adequado dos defensivos agrícolas e sua importância. As aulas estão divididas em seis módulos: Introdução à origem dos defensivos agrícolas; Princípios legais para a utilização de defensivos agrícolas no Brasil; Conhecendo as formas de exposição direta e indireta aos defensivos agrícolas; Estudo da rotulagem e sinalização de segurança; Medidas Higiênicas no trabalho com defensivos agrícolas. “O programa é muito bom – comenta Diego. O conteúdo em PDF pode ser consultado a qualquer hora e os tutores correm atrás, cobram, estão sempre atentos acompanhando o rendimento do aluno”. Diego destaca também o fato do curso ser a distância, facilitando o acesso ao conhecimento. “Cada vez mais, as pessoas sofrem com a falta de tempo. Se esse curso não fosse a distância eu não poderia ter feito. Mas assim fica mais fácil, qualquer hora vaga que a gente tem à noite dá para estudar”. As matrículas podem ser feitas no portal http://ead.senargo.org.br/. Mais informações: 0800 642 0212

Fale com a gente

Dúvida, crítica, sugestão ou elogio?

Preencha o formulário e aguarde nosso contato.

Nome*
E-mail*
Telefone com DDD*

E-mail enviado com sucesso! Em breve um dos nossos colaboradores irá entrar em contato. Obrigado!